Esfoliação com café – Cuidados com a pele

Com a grande variedade de produtos de skincare presentes no mercado acabamos deixando de lado as opções caseiras que são muito mais em conta e igualmente eficazes. Já pensou em cuidar da sua pele com produtos que todo brasileiro tem em casa? Hoje vamos falar sobre esfoliação com café e os seus benefícios para a pele.

Benefícios da esfoliação com café

Como já explicamos neste post, o responsável por manter a pele firme e juvenil é o metabolismo celular da cútis. Porém, com o passar dos anos e a exposição a fatores como má alimentação, raios solares e até mesmo tabagismo, este metabolismo perde sua potência. Como resultado disto, a pele vai se tornando flácida e formam-se as temidas rugas. Inclusive, existem produtos no mercado, como o massageador facial inFace, que estimulam este metabolismo devolvendo o vigor e saúde da pele.

Outra boa notícia é que a cafeína presente no café também estimula a corrente sanguínea ativando novamente o metabolismo celular da pele. Assim, atua no rejuvenescimento da cútis e devolve o aspecto saudável do seu rosto.

Além de benéfico a todos os tipos de pele, o café ainda age contra cravos e espinhas, sendo super indicado a quem possui pele acneica. Quando utilizado na esfoliação, ainda ajuda na regeneração celular pois remove de maneira saudável a camada mais superficial da pele.

Modo de uso

A ideia geral é misturar a borra de café (resíduo que fica no coador após infusionar o pó de café) com alguma substância que promova a hidratação da pele e estimule a sua regeneração após a esfoliação com café. Você pode escolher entre iogurte natural, leite integral, mel e até mesmo azeite de oliva. As proporções variam de acordo com o item que você escolher, mas o intuito é você adicionar um desses itens aos poucos, até atingir uma consistência que não escorra ao ser aplicada no rosto, nem que seja espessa demais para espalhar sobre a pele.

Após obter a consistência que você desejar, aplique a mistura sobre o rosto e aguarde alguns minutos. Pronto, agora é só esfregar suavemente o esfoliante sobre a pele, focando principalmente na zona-t (testa, nariz e queixo) que costuma ser mais oleosa que o restante da face. Nesta etapa é bom conhecer os limites da sua pele, pois, apesar de ser benéfica às células da cútis, o processo de esfoliação é agressivo e pode machucar seu rosto se for feito na intensidade errada. Se você tem a pele sensível cuide para que este procedimento seja realizado com muita suavidade.

imagem de uma mulher lavando o rosto

Cuidados após o procedimento

Ao terminar a esfoliação lave muito bem o rosto, sempre utilizando água fria e sabonetes próprios para a região facial. Nesta etapa você pode contar com a ajuda da Esponja de Limpeza Facial inFace, que é vendida aqui no site e garante uma limpeza profunda da pele.

Depois disso, aplique o hidratante facial da sua preferência, para garantir a regeneração completa da pele depois da esfoliação. Este passo é importante porque, após o processo de esfoliação, a sua pele absorve muito mais os nutrientes aplicados sobre ela. Isso porque você acabou de retirar uma camada externa e danificada da pele, deixando exposta a camada interna com o metabolismo celular mais potente. É este metabolismo vigoroso o responsável por absorver mais e melhor os nutrientes.

Quantas vezes por mês posso fazer esfoliação com café

Você pode repetir este procedimento a cada duas semanas, ou realizá-lo uma vez por semana caso sua pele seja oleosa. Além de equilibrar a oleosidade da pele e auxiliar no rejuvenescimento facial, este procedimento maximiza a penetração de nutrientes dos produtos faciais utilizados. 

Esta é a receita que não pode faltar na minha rotina de cuidados com a pele. Qual é a sua? Conta pra mim aqui nos comentários que vou adorar testar e contar aqui o que eu achei dela.

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.