Pele ressecada ou seca? Como identificar e tratar

Foto de uma mulher tocando na pele ressecada ou seca

Você sabe dizer se possui pele ressecada ou seca?
Ambas possuem sintomas como aspereza, desconforto, repuxamento, descamação e até irritações e coceira localizadas. Mas o que as difere é que a pele ressecada é momentânea e caracterizada por um défice de água, enquanto a pele seca é um estado permanente de ressecamento, causado por uma desfunção da barreira protetora da pele.

Quais as causas do ressecamento da pele?

Como já citamos no post “Pele oleosa: O que é e como cuidar“, a pele é coberta por uma camada protetora formada principalmente por água e lipídios (sebo). Esta camada é responsável não apenas por proteger a pele de fatores externos, mas também por evitar a perda de água da cútis. Logo, quando este revestimento está comprometido, a pele fica vulnerável nos dando uma sensação de desconforto.

Na pele seca, esta desfunção da camada protetora é genética e permanente, enquanto na pele ressecada costuma ser temporária e causada por fatores externos.

Foto de uma mulher com a pele ressecada ou seca

CURIOSIDADE:

Você sabia que a pele passa por alterações de acordo com a idade? Sendo mais seca na infância e mais oleosa na juventude. Depois disso, volta a ser mais seca com o passar do tempo, pois com o avanço da idade, as glândulas produtoras de sebo se tornam menos ativas.

Como tratar a pele seca?

Para minimizar os efeitos de ressecamento da pele, tente consumir pelo menos 2 litros de água por dia. Esta é a quantia recomendada por especialistas para manter a hidratação correta do corpo. Também é importante evitar banhos muito quentes e o uso excessivos de buchas e sabonetes. Caso contrário, você removerá a camada protetora da pele deixando-a vulnerável a fatores externos que causam ressecamento.

Se você é adepta ao uso de esponjas de limpeza facial e possui pele seca, indicamos a versão Upgrade da Esponja de Limpeza Facial inFace. Esta é a versão ideal a peles sensíveis, pois possui 5 velocidades de vibração sônica. Desta forma, você consegue controlar melhor a intensidade do aparelho de acordo com a sensibilidade do seu rosto.

Outra dica importante é fazer uso de hidratantes com mais frequência que as peles normais. No entanto, opte sempre por utilizar cosméticos destinados à pele seca.

Como a pele seca costuma evidenciar rugas e linhas de expressão, recomendamos o uso do Massageador Facial inFace. Além de trazer de volta o vigor do metabolismo da pele tornando-a mais firme, também traz a tecnologia de ION-, que maximiza a absorção de nutrientes pela cútis. Desta forma, ao utilizar o hidratante ou cosmético de sua preferência, seu efeito será maximizado pelo aparelho.

Imagem ilustrativa do massageador de olhos nas cores rosa e preta

Mitos e verdades sobre a pele seca

MITO. Existem ácidos que hidratam a pele sem causar descamação, como o ácido hialurônico e ácido lático. No entanto, estes não devem ser utilizados sem acompanhamento médico.

MITO. O tipo de pele – seca, mista, oleosa, etc – não influencia no ritmo de envelhecimento. Entretanto, a oleosidade pode disfarçar rugas e linhas de expressão, dando à pele um aspecto mais jovem. 

VERDADE. No inverno ocorre uma queda de umidade no ar, além de consumirmos menos água e tomarmos banhos mais quentes e demorados. Tudo isso contribui para a desidratação da pele.

VERDADE. Como a pele seca produz menos sebo, que é a camada de proteção da pele, fica mais vulnerável. Desta forma, fatores como mudanças climáticas e ambientais podem atingir mais a pele, deixando-a sensível.

Linha inFace

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.